Como chegar ao Cristo Redentor

O Cristo Redentor entrou para a lista das Sete Novas Maravilhas do Mundo, sendo que diariamente, o monumento recebe literalmente de braços abertos, centenas de turistas vindos de diversos lugares do mundo.

Sem qualquer dúvida, a imensa estátua de 38 metros de altura é uma parada mais que obrigatória por quem passa pela cidade do Rio de Janeiro. E justamente por ser um passeio tão requisitado, há uma grande procura por informações sobre a visita.

Se você está planejando a sua viagem ao Rio e não quer passar por apuros ao visitar essa fantástica atração, acompanhe as nossas dicas até o final e fique sabendo de tudo que é importante para visitar o Cristo Redentor.

Trajeto até o Cristo Redentor

Como chegar ao Cristo Redentor

Parte 1 – chegar ao Parque da Tijuca

O monumento fica instalado no morro do Corcovado, dentro do Parque Nacional da Tijuca. Veja as distâncias partindo de alguns dos principais pontos da cidade:

  • Barra da Tijuca – 17 km
  • Botafogo – 20 km
  • Centro (Central do Brasil) – 14 km
  • Copacabana – 18 km
  • Flamengo – 18 km
  • Ipanema – 17 km
  • Leblon – 14 km
  • Maracanã – 10 km
  • Tijuca – 7 km

Para chegar ao parque, você pode optar por chamar um táxi/serviço de aplicativo ou utilizar o transporte púbico. As linhas que atendem a região são essas:

  • 570 (Zona Sul)
  • 583 (Zona Sul)
  • 584 (Zona Sul)
  • 180 (Centro)
  • 422 (Centro)

Em relação ao transporte coletivo privado, também há um serviço de vans com veículos partindo de Copacabana, Flamengo e Barra da Tijuca. Nós vamos falar sobre eles na parte 2, que você pode conferir a partir de agora.

Parte 2 – chegar ao monumento

Existem diversas maneiras para se chegar até o Cristo Redentor, todavia, o mais recomendado é utilizar um dos transportes tidos como oficiais. Essa é a forma mais segura, pois não há mais estacionamentos para carros particulares, e a corrida de táxi até o local pode sair bem salgada.

Se mesmo assim você optar por seguir esse caminho mais autônomo, a dica é optar por serviços de aplicativos de transporte (para evitar cobranças abusivas), ou ir de van independente, que costuma cobrar R$ 40,00 por pessoa (ida e volta).

Porém, se você deseja seguir o trajeto pelos meios regulamentados, basta fazer a sua escolha:

1. Trenzinho

O Trem do Corcovado é o jeito mais prático de chegar ao Cristo. A saída é na rua Cosme Velho. O sistema não oferece nenhuma alternativa para levar até a estação, portanto, você deve ir até o ponto de partida por conta própria. É possível chamar um táxi/serviço de app ou optar por uma das linhas de ônibus regulares que citamos anteriormente.

O valor do ingresso (já incluído o da visita ao Cristo) varia de acordo com a época do ano: R$ 61,00 em baixa temporada e R$ 74 em alta temporada, feriados e datas comemorativas.

Atenção: o trem sai com hora marcada, e por isso não vende ingressos para o mesmo dia. Você deve chegar à estação com o voucher da compra feita antecipadamente pela internet ou nos diversos pontos de venda credenciados.

2. Vans da concessionária

Existem algumas vans oficiais que partem de diferentes pontos do Rio de Janeiro e levam os turistas diretamente para o Cristo. Elas saem dos seguintes bairros:

Copacabana

⇒ Local de partida: Praça do Lido, no Posto 2

⇒ Endereço: Av. N. Sra. de Copacabana, entre Ronald de Carvalho e Belfort Roxo

⇒ Valor: R$ 61,00 em baixa temporada e R$ 74,00 em alta temporada (já incluída a entrada para o Cristo)

Largo do Machado

⇒ Local de partida: Praça do Largo do Machado, em frente à igreja

⇒ Valor: R$ 61,00 em baixa temporada e R$ 74,00 em alta temporada, feriado e dias festivos (já incluída a entrada para o Cristo)

Barra da Tijuca

⇒ Local de partida: Shopping Città América

⇒ Endereço: Av. das Américas, 700

⇒ Valor: R$ 90,00 em baixa temporada e R$ 103,00 em alta temporada, feriado e dias festivos (já incluída a entrada para o Cristo)

As vans levam os turistas até o Centro de Visitantes, e de lá, é necessário embarcar em uma segunda van até o Parque da Tijuca. O valor desse segundo transporte já está incluído. O ingresso pode ser comprado diretamente no local ou pelo site oficial. O link é https://tickets.paineirascorcovado.com.br/.

Além disso, se você optar por ir de carro, também é possível pegar uma van oficial para subir ao Cristo. No entanto, você deve parar o seu automóvel no Centro de Visitantes e embarcar na van a partir deste ponto. As tarifas cobradas são:

⇒ R$ 40 alta temporada

⇒ R$ 27 baixa temporada

⇒ R$ 14 (crianças de 5 a 11 anos em qualquer época do ano)

⇒ R$ 7 (idosos acima de 60 anos em qualquer época do ano)

⇒ Crianças menores de 5 anos não pagam, mas devem ir no colo dos pais.

Todos os preços de ingressos para o Cristo Redentor

Como chegar ao Cristo Redentor

Trem do Corcovado

⇒ Alta temporada: R$ 74

⇒ Baixa temporada: R$ 61

⇒ Crianças de 5 a 11 anos: R$ 48

⇒ Idosos: R$ 24

⇒ Crianças até 5 anos: grátis

⇒ Formas de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito (Visa e Marter Card)

⇒ Horários de embarque: segunda a domingo, das 8h às 19h (saídas a cada meia hora)

Van partindo do Centro de Visitantes

⇒ Alta temporada: R$ 40

⇒ Baixa temporada: R$ 27

⇒ Crianças de 5 a 11 anos: R$ 14

⇒ Idosos: R$ 14

⇒ Crianças até 5 anos: grátis

⇒ Formas de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito (Visa e Marter Card)

⇒ Horários de embarque: segunda a domingo, das 8h às 18h

Van partindo dos bairros do Rio de Janeiro

Copacabana e Largo do Machado

⇒ Alta temporada: R$ 74

⇒ Baixa temporada: R$ 61

⇒ Crianças de 5 a 11 anos: R$ 48

⇒ Idosos: R$ 40,50

⇒ Crianças até 5 anos: grátis

⇒ Formas de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito (Visa e Marter Card)

⇒ Horários de embarque: segunda a domingo, das 8h às 17h

Barra da Tijuca

⇒ Alta temporada: R$ 103

⇒ Baixa temporada: R$ 90

⇒ Crianças de 5 a 11 anos: R$ 77

⇒ Idosos: R$ 69,50

⇒ Crianças até 5 anos: grátis

⇒ Formas de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito (Visa e Marter Card)

⇒ Horários de embarque: segunda a domingo, das 8h às 17h

O que é considerado como alta temporada

Não são somente os feriados prolongados, as férias e as datas festivas que entram na conta da chamada “alta temporada”. Os fins de semana também também entram nessa classificação. Veja tudo o que é considerado período de alta

  • Todos os fins de semana de 2017
  • 01/01 a 05/03 (Férias Escolares e Carnaval)
  • 14/04 (Feriado Semana Santa)
  • 21/04 e 23/04 (Tiradentes e São Jorge)
  • 01/05 (Feriado do Dia do Trabalho)
  • 15/06 e 16/06 (Feriado de Corpus Christi)
  • 01/07 a 31/07 (Férias Escolares)
  • 07/09 e 08/09 (Feriado Independência do Brasil)
  • 12/10 e 13/10 (Feriado. S. Aparecida)
  • 02/11 e 03/11 (Finados)
  • 15/11 (Proclamação da República)
  • 20/11 (Feriado Consciência Negra)
  • 15/12 a 31/12 (Férias Escolares)

O que e considerado como baixa temporada

Os dias normais, de segunda a sexta, são classificados como baixa temporada, desde que não caiam em um feriado.

Qual é a altura do Cristo Redentor

O Cristo Redentor impressiona por sua magnitude. Ele está localizado do Corcovado a 709 metros acima do mar, e possui 38 metros de altura (contando o seu pedestal).

O monumento é considerado uma estátua de art déco, e a vista que os visitantes têm lá de cima impressiona, pois é possível ter uma visão ampla de vários pontos da cidade do Rio de Janeiro.

Projeto do Cristo Redentor

O projeto do Cristo foi feito pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa, e contou com a colaboração do escultor francês Paul Landowski e do engenheiro Albert Caquot, também francês. A sua inauguração aconteceu em 12 de outubro de 1931, data em que é comemorado o dia de Nossa Senhora Aparecida.

Além de ser um símbolo do cristianismo no Brasil, a estátua também acabou se transformando em um ícone da Cidade Maravilhosa, passando a ser o seu cartão-postal em todo o mundo, sendo associada não somente à fé, como também à imponência da sua construção.

Sua estrutura é feita com concreto armado e pedra-sabão, sendo que os seus braços esticam por 28 metros de largura. Sempre em ocasiões especiais, o Cristo Redentor costuma receber uma iluminação diferenciada, como uma maneira de homenagear ou de se solidarizar com um determinado fato histórico, pessoa, grupo, causa, etc.

Você acabou de conferir informações sobre a visita ao Cristo Redentor. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos. E se você ficou com alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *